Carlos Silva mantém voto contrário ao projeto que amplia tributos. “Onde tem obras, o bolso do cidadão será atingido”, afirmou

Em sessões extraordinárias, a Câmara Municipal de Araguaína se reúne para votar Projeto do executivo onde se discute a contribuição de melhoria, um tributo que pode ser exigido pelo poder público quando houver a realização de uma obra pública e uma valorização imobiliária decorrente desta obra.

O vereador Carlos Silva (PSDC) fez uso da tribuna e leu o artigo 481 do referido projeto, destacando que será cobrada a contribuição de melhoria em toda e qualquer obra que trouxer benefícios para a cidade. Segundo ele, não há nada no projeto que isenta os bairros mais afastados e não especifica quem será atingido, todos irão pagar, dando como exemplo aqueles que receberão obras como; abertura de ruas, pavimentação, iluminação, arborização e dentre outras.

Durante seu discurso,  o vereador relembrou das falas de campanha do prefeito, onde afirmava que dinheiro tinha, o que faltava era gestão.

“Então para que precisa-se criar mais taxas e impostos? sendo que a arrecadação do município só vem crescendo!. O que na verdade está faltando é gestão”, pontua Carlos Silva.

Carlos Silva disse ainda que as empresas estão fechando e, que não há políticas de geração de empregos, ou seja, a arrecadação está aumentando porque estão cobrando mais impostos e taxas, não se vê melhorias, a não ser na
pavimentação asfáltica.

O parlamentar manteve seu voto contrário ao projeto, do qual foi aprovado por maioria.

 

Comentários

Acesso em 19/03/2019 15:49.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/atividade-parlamentar/carlos-silva-mantem-voto-contrario-ao-projeto-que-amplia-tributos-onde-tem-obras-o-bolso-do-cidadao-sera-atingido-afirmou/.