Vereador Divino Bethânia requer construção de uma praça na Av. ‘C’ no Setor Couto Magalhães.

O vereador Divino Júnior do Nascimento do PROS (Divino Bethânia Jr.) requer construção de uma praça na Av. ‘C’ esquina com a Av. Perimetral, no Setor Couto Magalhães.

O requerimento foi aprovado por unanimidade pelos demais vereadores e segue para o órgão competente para a possível execução.

As praças públicas são uma espécie de “patrimônio cultural”. Afinal, crescemos brincando ao menos uma vez em uma. Seja no interior do país ou nos grandes centros urbanos, o fato é que as pracinhas são essenciais para a vida em sociedade.

Por isso, a gestão pública deve se atentar para essa realidade – e essa urgência: é preciso construir verdadeiros refúgios que reúnam verde, espaço de lazer e de integração dos moradores em tempos onde cada vez mais nos escondemos dentro de nossas casas.

As praças públicas podem ser utilizadas para se caminhar, contemplar a natureza, conversar com os moradores, levar os filhos para brincar no playground, praticar esportes e, ainda, ser palco de eventos culturais que incentivem cada vez mais a qualidade de vida, a felicidade dos moradores e a redução dos níveis de violência.

Além de voltar a trazer a vida ao local, essa ação se transforma num bom exemplo de gestão eficiente e que se preocupa em tornar a cidade mais atrativa e segura para os moradores e os visitantes.

A construção e reforma de praças públicas pela cidade é, certamente, um ótimo investimento por conta do seu custo-benefício, pois as vantagens podem ser percebidas por longos anos – desde que haja manutenção constante e segurança no entorno.

Na mesma sessão, o vereador apresentou outro requerimento que também foi aprovado para mesma região:

Nº 2490/19 – Requerendo ao Sr. Prefeito Municipal reforma da Ponte na Av.
Perimetral no Setor Couto Magalhães.

 

 

Comentários

Acesso em 19/11/2019 10:27.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/atividade-parlamentar/vereador-divino-bethania-requer-construcao-de-uma-praca-na-av-c-no-setor-couto-magalhaes/.