GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Brasil

“Eles vão me matar”: repórter da Globo implorou ajuda a porteiro

Após ser esfaqueado por dois criminosos na noite desta quinta-feira (14), o repórter da TV Globo Brasília Gabriel Luiz, 28 anos, pediu socorro ao porteiro do prédio onde mora. A testemunha relatou que o jornalista estava consciente depois dos ataques, mas bastante ensanguentado.

O crime ocorreu por volta das 23h20. Gabriel Luiz voltava para casa quando foi seguido por dois suspeitos. Eles o cercaram e desferiram cerca de 10 golpes. Testemunhas relatam que um indivíduo segurou a vítima para o outro esfaquear. A agressão só parou porque um vizinho viu a cena e gritou.

A ação foi registrada por câmeras de segurança. O porteiro narrou que estava na guarita do condomínio quando percebeu a vítima se aproximando. Inicialmente, o funcionou achou que era um morador de rua. Assim que o  jornalista chegou mais perto, o homem o reconheceu e abriu a porta. “Me ajuda! Eles vão me matar! Eu vou morrer!”, o repórter disse, ensanguentado.

Desesperado, o porteiro recomendou que a vítima não falasse mais nada e ligou para os bombeiros, que têm um quartel próximo ao local do crime.

Gabriel também passou o número de telefone do pai e pediu para que o funcionário entrasse em contato para avisá-lo sobre o ocorrido. O repórter foi levado para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) com ferimentos no tórax, nos braços, na mão, nas pernas e no pescoço.

O caso é tratado, a princípio, como tentativa de latrocínio, pois o celular do repórter sumiu. Entretanto, os investigadores não descartam a possibilidade de tentativa de homicídio, devido à violência do ataque. A carteira de Gabriel e a faca usada no crime foram encontradas no local.

Vídeo do portal Metrópoles mostra a ação dos criminosos na área em que Gabriel Luiz foi esfaqueado. Veja!

Dol com informação do Metropole

Postagens relacionadas

Imposto de renda de empresas será reduzido para 10% a partir de 2023

Gilberto Silva

Repórter da Band bate com microfone em preso após levar cuspida na cara

Gilberto Silva

Fungo agressivo “mutila” pacientes com covid-19 na Índia

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies