GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Brasil

STF manda soltar Bruno, ex-goleiro do Flamengo condenado por homicídio

Após seis anos preso, o goleiro Bruno deixou na noite desta sexta-feira a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC). A demora para a soltura do goleiro aconteceu por um erro do Supremo Tribunal de Justiça (STF), que enviou o alvará por engano para a comarca de Contagem, em não de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
O temor da defesa era é de que, em função do feriado de carnaval, o goleiro tivesse de esperar a próxima semana para ser solto.

– Isso não vai existir mais. Decisão da Justiça, do STF, é para ser cumprida. Por isso, esperamos que isso ocorra nas próximas horas – disse mais cedo o advogado do ex-jogador.

O goleiro Bruno deixou a cadeia após seis anos
O goleiro Bruno deixou a cadeia após seis anos Foto: Alex Capella
Acostumado a atrair multidões aos estádios, poucas pessoas acompanharam o momento que Bruno, condenado pela morta de Elisa Samúdio, deixou o presídio. Até o fim da manhã, apenas os advogados defesa e jornalistas estavam no local, além de alguns curiosos.
Depois de conceder habeas corpus para o goleiro Bruno, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), admitiu que sua decisão não foi “politicamente correta”. No entanto, ponderou que o Judiciário deve cumprir as leis, mesmo que o clamor popular ecoe em outra direção.

Informaçoes extra.globo.com

Postagens relacionadas

Micro e pequenas empresas têm até segunda para aderirem ao Simples

Gilberto Silva

BBB20: Lucas é eliminado no quarto paredão

Gilberto Silva

Emilly, Marcos e Marinalva disputam a liderança

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies