Tocantinopolina é morta a facadas pelo ex-companheiro que não aceitava o fim do relacionamento, criminoso já está na cadeia

Um crime bárbaro chocou os moradores de Porto Franco, na noite dessa sexta-feira (5). É que uma mulher, identificada como Keila Maria Araújo, 23 anos, foi morta a facadas pelo ex-companheiro, Clodonei da Costa Pereira, de 27 anos.

Segundo informações de familiares, a motivação do crime seria porque o homem não aceitava o fim do relacionamento, com a jovem. Inconformado, ele desferiu várias facadas contra a vítima, que ainda foi socorrida, mas não resistiu.

O suspeito acabou sendo preso horas depois de praticar o homicídio. A prisão do acusado só foi rápida porque na hora em que estava esfaqueando a vítima, um Cabo da PM que está de férias, passava no local, tentou evitar o crime e deu voz de prisão homem que ainda tentou contra o militar.

Ainda segundo relatos, no ano passado, Clodonei havia tentado matar outra pessoa, um produtor rural do povoado Coité, município de Porto Franco. Ele foi levado para o Plantão Central da Polícia Civil e está à disposição da Justiça.

IMIRANTE.COM

Comentários

Acesso em 19/12/2018 01:59.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/brasil/tocantinopolina-e-morta-facadas-pelo-ex-companheiro-que-nao-aceitava-o-fim-do-relacionamento-criminoso-ja-esta-na-cadeia/.