GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Notícias

Em meio a polêmica da ‘Carne Fraca’, Temer chama embaixadores para comer churrasco

Em meio às repercussões da operação Carne Fraca, o presidente Michel Temer (PMDB) convidou cerca de 40 embaixadores de países importadores de carne brasileira para jantar em uma churrascaria de Brasília.

O peemedebista fez o convite durante a abertura de uma reunião na tarde deste domingo (19.mar.2017) no Palácio do Planalto. A sugestão gastronômica foi do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello.

“Eu, na verdade, quero convidá-los a todos para que nós possamos sair daqui. Quem puder aceitar o convite, que nós aqui do governo vamos fazer, e vamos todos a uma churrascaria para comer a carne brasileira”, disse o presidente.

Temer levou os diplomatas à churrascaria Steak Bull –onde funcionava o falido restaurante Porcão, próximo ao lago Paranoá.

Representantes do setor agropecuário, ministros e embaixadores participaram de reuniões com o presidente Michel Temer (PMDB) na tarde de hoje. O peemedebista anunciou medidas para conter uma possível crise a partir da operação Carne Fraca.

NA CHURRASCARIA

O Planalto reservou 80 lugares no restaurante. Compareceram representantes de 27 países: 19 embaixadores e 8 encarregados de negócio das embaixadas. Os ministros Blairo Maggi (Agricultura), Moreira Franco (Secretaria Geral), Marcos Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e o secretário-geral das Relações Exteriores, Marcos Galvão, também estiveram presentes.

O rodízio de carnes da Steak Bull custa R$ 119 reais, descontando o valor pago por bebidas e serviço. A churrascaria serve carnes importadas de países como Uruguai, Argentina e Austrália, mas oferece também cortes brasileiros. Não foi possível identificar qual a procedência dos alimentos à mesa do presidente.

O gerente-geral da churrascaria, Paulo Godoi, disse que o presidente comeu apenas carne brasileira.

“A picanha que servimos é do frigorífico Minerva. Temos também JBS, Marfrig. Teve também embutido da Seara e uma linguiça apimentada da Aurora”, afirmou Godoi.

O gerente confirmou que a casa também trabalha com carnes importadas, como a australiana.

“A gente compra de acordo com o preço. É uma questão de oferta e procura. Em alguns momentos a gente tem sim picanha australiana, mas que hoje, por acaso, não foi servido, porque estamos sem estoque. A gente compra a australiana quando ela está mais barata que a nacional”.

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República informou que “todas carnes servidas, neste domingo, ao presidente Michel Temer e aos embaixadores convidados para jantar na churrascaria Steak Bull foram de origem brasileira”. Leia aqui a íntegra do comunicado.

A assessoria da Presidência da República afirmou ainda que governo pagou apenas a conta do presidente e dos diplomatas. O peemedebista sentou-se entre os embaixadores da China e de Angola (imagem abaixo):

churrascosl2

O presidente Temer janta com embaixadores em churrascaria de Brasília

MEDIDAS ANUNCIADAS

Antes do jantar, o presidente Michel Temer anunciou que o governo decidiu acelerar a auditoria nos 21 frigoríficos citados na investigação da Polícia Federal (PF).

“Todas as 21 unidades serão imediatamente colocadas sob regime especial de fiscalização a ser conduzida por força tarefa especifica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (…) É o mínimo em relação ao grande número de plantas frigoríficas que temos em nosso país.”, disse.

O peemedebista usou sua fala também para amenizar o alcance das irregularidades

“É importante sublinhar que de 11 mil funcionários do Ministério da Agricultura, apenas 33 estão sendo investigados. E das 4.837 unidades sujeitas a inspeção federal. Delas, apenas 21 supostamente envolvidas em eventuais irregularidades”, afirmou o presidente.

O presidente informou que o Ministério da Agricultura deve divulgar nesta 2ª feira (20.mar) quais países receberam produtos dos frigoríficos sob suspeita.

“Destas 21 unidades, apenas 6 delas exportaram nos últimos 60 dias. Devo até registara que a partir de amanhã o MAPA informará quais países receberam esses produtos, quais foram esses produtos, e a origem empresa por empresa”.

churrascotemer3

Temer durante janta em churrascaria com embaixadores

O presidente Michel Temer em jantar na churrascaria com embaixadores Sérgio Lima/Poder360 - 19.mar.2017

O presidente Michel Temer em jantar na churrascaria com embaixadores

Postagens relacionadas

Polícia é acionada no Entroncamento após vítima ser ameaçada por jovem armado que fez manobra de marcha à ré de forma brusca

Gilberto Silva

Reforma Trabalhista entra em vigor a partir de hoje. O que muda?

Gilberto Silva

Mais de 25 mil pessoas festejam aniversário de Araguaína

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies