GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Esportes

Palmeiras atropela São Paulo, vira confronto e leva título paulista

A taça do Campeonato Paulista de 2022 é do Palmeiras pela 24ª vez na história. Neste domingo (3), o Verdão goleou o São Paulo por 4 a 0 no Allianz Parque, em São Paulo, pelo jogo de volta da decisão. O Alviverde virou o confronto, que iniciou com vantagem adversária, devido ao triunfo do Tricolor na partida de ida, na última quarta-feira (30), por 3 a 1, no Morumbi, também na capital do estado.

Foi a quinta conquista de Abel Ferreira no comando do Palmeiras em pouco menos de um ano e meio de trabalho, isolando-o como quarto técnico mais vitorioso do clube. Além do Paulista, ele conduziu a equipe a um título de Copa do Brasil (2020), um da Recopa Sul-Americana (2022) e duas Libertadores (2020 e 2021). De quebra, o Verdão impediu que o São Paulo o igualasse no número de conquistas estaduais.

O primeiro tempo começou quente. Aos sete minutos, o volante Danilo chutou de primeira e a bola explodiu no braço do atacante Éder, dentro da área. O árbitro Raphael Claus foi chamado ao vídeo para avaliar o lance, semelhante o que gerou a marcação de um pênalti – contestado pelos palmeirenses – no jogo de ida à favor do São Paulo, mas entendeu que o membro do atleta do Tricolor estava recolhido ao corpo e mandou a partida seguir.

O Verdão seguiu pressionando e assustou novamente aos 18, parando em Jandrei. Depois de cortar o cruzamento do atacante Dudu pela direita, o goleiro salvou, com os pés, a finalização firme do meia Gustavo Scarpa. A insistência foi recompensada aos 21. Após escanteio curto cobrado pela direita, Gustavo Scarpa levantou e Danilo, de cabeça, mandou para as redes.

O Palmeiras seguiu mandando na partida e ampliou aos 27 minutos. O meia Raphael Veiga recebeu na ponta direita e cruzou. A bola desviou na zaga e sobrou para o volante Zé Rafael bater no canto. O VAR novamente chamou Claus para conferir o lance, entendendo que houve falta de Danilo no atacante Jonathan Calleri na origem do gol, mas o árbitro manteve a decisão de campo.

A pressão alviverde não arrefeceu no segundo tempo. Aos dois minutos, Dudu escapou da marcação do zagueiro Diego Costa na direita e cruzou rasteiro para Raphael Veiga, de carrinho, fazer o terceiro dos anfitriões.

Em desvantagem no confronto pela primeira vez, o São Paulo tentou se lançar ao ataque, mas com dificuldades para ser perigoso. O Palmeiras, ao contrário, foi letal. Aos 35 minutos, Zé Rafael desarmou o meia Igor Gomes na intermediária e achou Gabriel Veron. O atacante encontrou Raphael Veiga livre para sair do alcance de Jandrei e mandar para as redes, sacramentando o título alviverde. Nos acréscimos, o Tricolor ainda perdeu o lateral Rafinha, expulso.

As equipes voltam a campo no meio de semana, pelas respectivas competições continentais. Na quarta-feira (6), o Verdão visita o Deportivo Táchira (Venezuela) pela Libertadores, às 21h (horário de Brasília). Na quinta-feira (7), às 21h30, o São Paulo encara o Ayacucho (Peru), fora de casa, pela Copa Sul-Americana.

AGÊNCIA BRASIL

Postagens relacionadas

Flamengo vence Atlético Mineiro e amplia vantagem no Brasileiro

Gilberto Silva

Colômbia vence Senegal por 1 x 0 e se classifica para as oitavas

Gilberto Silva

Grande Prêmio de Atletismo será exibido pela TV Brasil neste sábado

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies