Mergulhador morre em missão de resgate de meninos em caverna na Tailândia

Morte de ex-membro da elite da Marinha tailandesa ressalta riscos de retirar pela água grupo de jovens presos no local há mais de dez dias. Diminuição do oxigênio e mau tempo aumentam a pressão sobre as autoridades.Um mergulhador que participava das operações de resgate ao grupo de jovens preso numa caverna na Tailândia morreu nesta quinta-feira (06/07), chamando atenção para os riscos para os profissionais que trabalham no local. Eles tentam encontrar uma saída segura para os 12 adolescentes e seu treinador em um time de futebol juvenil, presos no local há 13 dia.

Além da morte do mergulhador, a diminuição no nível de oxigênio no complexo de cavernas e a previsão de mau tempo na região aumentaram a pressão para que as autoridades desenvolvam um plano seguro para resgatar os jovens.

O mergulhador Saman Kunan, de 38 anos, ex-membro da equipe de elite da Marinha tailandesa, morreu enquanto instalava tubos de oxigênio em uma potencial rota de saída através da caverna inundada. Após deixar o local onde trabalhava com um colega, o veterano mergulhador perdeu a consciência quando ambos estavam a 1,5 quilômetro da entrada da caverna.

“Quando sua missão terminou, ele iniciou o retorno. Na metade do caminho, seu colega o encontrou inconsciente e tentou reanimá-lo, mas não conseguiu salvar sua vida”, disse o comandante da equipe de elite da Marinha Arpakorn Yuukongkaew. “Não deixaremos que sua vida tenha sido em vão. Vamos prosseguir [com o resgate].”

O primeiro-ministro tailandês, Prayuth Chan-ocha, lamentou a morte do mergulhador, mas seu porta-voz disse que o incidente não vai deter as equipes de resgate.

“Não podemos esperar mais pelas condições [ideais], porque as circunstâncias nos pressionam”, disse o comandante. “Inicialmente pensávamos que os meninos poderiam permanecer seguros na caverna por um tempo mais longo, mas as circunstâncias mudaram. Tempos uma quantidade limitada de tempo.”

A morte do mergulhador serviu de alerta para os riscos de retirar os jovens pela água, uma vez que eles não têm experiência nesse tipo de mergulho. Os jovens já recebem aulas de mergulhadores profissionais, mas a possibilidade de que esta forma de resgate seja levada adiante parece cada vez mais difícil. Alguns dos garotos sequer sabem nadar.

Outras hipóteses que foram consideradas seriam a de perfurar uma passagem pela parte superior da caverna ou aguardar até que as águas retrocedam ao final da estação de chuvas na região, o que poderá levar meses.

As autoridades alertaram que os níveis de oxigênio no interior da caverna diminuíram em razão do número de trabalhadores no local, que se esforçam para instalar uma tubulação de ar, enquanto as equipes de mergulho se apressam para enviar mais tubos de oxigênio até o local onde os jovens estão ilhados.

Em meios às dificuldades, a boa noticia é que as equipes conseguiram drenar quantidade suficiente de água para esvaziar uma das câmaras da caverna, localizada a cerca de 1,7 km do local onde os garotos estão ilhados.

O grupo de garotos, com idade entre 11 e 16 anos, ficou preso na caverna no último dia 23 de junho, ao fazer uma excursão ao local guiada por seu técnico de futebol, de 25 anos, em uma equipe juvenil.

RC/rtr/ap

Foto: DW / Deutsche Welle

Comentários

Acesso em 20/11/2018 12:02.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/mundo/mergulhador-morre-em-missao-de-resgate-de-meninos-em-caverna-na-tailandia/.