GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Notícias

Tocantins – Após expedição de novo Mandado de Prisão, Polícia Civil prende Galeguinho

Após ter sido preso através de trabalho de investigação da Polícia Militar e Polícia Civil, em seguida solto por meio de Alvará, Alexsander Alves Feitosa (Galeguinho), é novamente preso nesta terça-feira, 14, depois de novo Mandado de Prisão expedido pela justiça.

O caso aconteceu em Paraíso do Tocantins, depois da condução de quatro jovens sob investigação para a Central de Flagrantes, no último sábado, 11, sendo que dois deles (Alexsander Alves Feitosa vulgo “Galeguinho” e Jaílton José Cândido “Papagaio”) haviam contra si, mandados de prisão em aberto por crimes cometido em Paraíso.

Na ocasião, dos quatro conduzidos, apenas um ficou realmente preso. Galeguinho e Papagaio também ficariam detidos na Casa de Prisão Provisória de Paraíso, não fosse um Alvará de Soltura expedido pela Justiça, deixando que os dois saíssem pela porta da frente, sem fiança, frustrando o trabalho da Polícia.

O caso se resolveu em parte depois de novo Mandado de Prisão expedido no domingo, 13, a partir dai a Polícia novamente montou ações para capturar os dois que foram soltos.

Prisão

Conforme o delegado, Casiano Oyama, que comanda uma equipe da Polícia Civil em Paraíso, a prisão de Galeguinho aconteceu por volta das 13h30, o mesmo se encontrava na residência de sua avó, no setor Nova Esperança, nessa cidade. No momento da abordagem, o rapaz achava que a PC estava ali para entregar uma intimação, não resistiu a prisão, mas o fato que era o Mandado de Prisão.

O delegado informou ainda que o momento agora é encontrar o indivíduo “Papagaio”, que até o fechamento dessa matéria não havia sido localizado.

O Caso

A Polícia Militar do 8º BPM de Paraíso do Tocantins prendeu no último sábado, 11, quadrilha suspeita de assaltos na região do Vale do Araguaia, dentre outros delitos. O que chamou atenção de parte das autoridades, é que dois dos presos na operação, além de crimes como roubos e furtos nessa cidade, havia sobre eles Mandado de Prisão em aberto, expedido pelo juiz substituto, Océlio Nobre da Silva, em 2017.

A dupla conhecida como Galeguinho e Papagaio, ambos com Mandado de Prisão em Aberto foram postas em liberdade no dia seguinte (domingo), sem a necessidade de pagar fiança, fato que chamou atenção. Dos quatro detidos pela Polícia apenas um dos encaminhados para a Central de Flagrantes continua preso, esse teria assumidos as ações da quadrilha.

Mesmo com uma série de passagens pela Vara da Infância e Juventude, hoje maiores de idade, recaem sobre eles vários crimes de roubos ocorridos em estabelecimentos comerciais de Paraíso mediante o uso de arma de fogo, fazendo vítima várias pessoas que tiveram quantias de valores e pertences subtraídos. A dupla também é acusada de assaltos de fazer parte do bando que assaltou agências lotéricas e de correios em várias cidades do Vale do Araguaia. Conforme autoridades militares, em Marianópolis trocaram tiros com a Polícia, onde na ocasião um dos participantes foi preso.

A decisão judicial causou revolta por parte de policiais, segundo um deles, “além de expor nossa corporação ao descrédito, desmotiva as ações militares…”, reclamou um policial que pediu para não ser citado.

Primeira Prisão

O Serviço de Inteligência da Polícia Militar do 8º BPM prendeu por volta do meio-dia de sábado, 11, uma quadrilha suspeita de ser a autora de assaltos na região do Vale do Araguaia.

Os policiais cercaram duas residências entre as ruas 03, 04 e 05 do Setor Nova Fronteira e pegaram os suspeitos dentro de uma casa.

Na ação foram presos A.A.F., 19 anos, J.J.C., 20 anos, ambos com mandados de prisão em aberto, R.A.V., 22 anos, e o menor C.M.B., 16 anos.

Com Galeguinho e Papagaio foram apreendidos dois revólveres calibres 38, mira especial, e 26 munições intactas. Também foram apreendidos vários aparelhos eletrônicos como possível objetos de furtos, além de pequenas porções de maconha.

A quadrilha estava sendo monitorada pela Inteligência da Polícia Militar. Os mesmos são os principais suspeitos do assalto ao Posto dos Correios da cidade de Marianópolis e agia aterrorizando a região com vários delitos a mão armada e furtos em residências.

Todos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da 6ª Regional de Polícia Civil, e em seguida os maiores para a Casa de Prisão Provisória de Paraíso. Os autores foram reconhecidos por algumas vítimas.

Novo Mandado de Prisão

Através de novo Mandado de Prisão expedido ainda no domingo, 12, a Justiça voltou atrás após a soltura e mandou prender novamente a dupla Papagaio e Galeguinho, ora antes já com mandado em aberto. O pedido de prisão de Jailton José Cândido e Alexsander Alves Feitosa foi publicado nesta terça-feira, 14.

O novo Mandado de Prisão expedido pela juíza Renata do Nascimento Silva, de segunda-feira, 13, informa que o documento é relacionado ao crime cometido no sábado, 11.

(Surgiu)

Postagens relacionadas

IMPERDÍVEL – Baile das Mães na AABB em Araguaína – 11 de Maio

Gilberto Silva

Logística já está sendo preparada e urnas começam a ser distribuídas na segunda semana de maio

Gilberto Silva

A dupla de Araguaína Anavitória foi destaque no Fantástico no último domingo

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies