GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Adapec antecipa vacinação contra aftosa para bovídeos que participarão de eventos pecuários

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec/TO) autoriza, a partir da próxima segunda-feira, 11 de abril, a antecipação da vacinação contra a febre aftosa para os bovídeos com idade até 24 meses que participarão de eventos agropecuários nos primeiros dias do mês de maio.

A autorização está prevista na Instrução Normativa n° 48, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e, assim que o pecuarista vacinar os bovídeos (bovinos e bubalinos) e declarar o ato na Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), ele não precisará mais cumprir os prazos de carências exigidos após vacinar os animais, podendo emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA).

O responsável técnico pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, João Eduardo Pires, alertou que as lojas agropecuárias que comercializam vacinas só devem vendê-las a produtores rurais que apresentarem autorização da Adapec. “Quem desejar antecipar a vacinação, deverá procurar um escritório da Agência mais próximo e assinar um requerimento solicitando autorização para compra da vacina e, em seguida, procurar uma loja agropecuária devidamente cadastrada pela Adapec e apresentar esta autorização”, explica João Eduardo, acrescentando que o produtor deverá, neste caso, vacinar todos os bovídeos até 24 meses da propriedade, e não só aqueles que participarão de eventos pecuários.

Campanha de vacinação contra aftosa em maio

Houve uma mudança nas estratégias de vacinação contra a febre aftosa em 2022 para os estados que compõem o bloco IV, o qual o Tocantins faz parte. Com isso, a primeira etapa da campanha, que vai de 1° a 31 de maio, será destinada somente aos bovídeos com até 24 meses de idade; e a segunda etapa, que ocorrerá em novembro, contemplará todo o rebanho, independente da faixa etária. O Tocantins, que conta com mais de 10 milhões de bovídeos, espera vacinar nesta primeira etapa cerca de 5 milhões de animais.

A medida adotada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), visa garantir a oferta de vacinas contra aftosa, uma vez que o número de animais com até 24 meses é praticamente 50% de todo o rebanho.

 

ATN

Postagens relacionadas

Saúde negocia com profissionais para iniciar serviço de radioterapia em Araguaína

Gilberto Silva

Tocantins – Acidente entre ambulância e carro deixa seis mortos na TO-020

Gilberto Silva

PL desfilia Lúcio Campelo; Vicentinho Jr. diz que vereador de mandato dificulta ingresso de pré-candidatos no partido

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies