GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Adolescente é agredida com golpes de canivete durante briga em escola em Araguaína

Uma adolescente de 16 anos foi agredida com golpes de canivete durante uma briga em uma escola da rede estadual de Araguaína, no norte do Tocantins. A vítima foi levada para Unidade de Pronto Atendimento após levar três golpes na cabeça e nos braços. O caso foi registrado na tarde desta quarta-feira (27) no povoado Novo Horizonte.

A confusão entre as adolescentes aconteceu pouco antes do início das aulas. De acordo com a Polícia Civil, o motivo da briga foi uma desavença anterior entre a irmã da vítima e a adolescente agressora, que tem 5 anos. A vítima ainda não compareceu na delegacia para dar a versão dos fatos.

A adolescente responsável pelos golpes foi levada para a delegacia acompanhada de professores e da mãe, que disse não ter conhecimento dos atritos ou que a filha portava uma arma branca. A menor contou à polícia que usava o canivete para se defender e foi liberada após prestar depoimento.

Um processo processo envolvendo o juiz da Vara da Infância e o Ministério Público será iniciado para definir as medidas preliminares. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

O que diz a Secretaria de Educação

 

Sobre o ocorrido na Escola Estadual Manoel Gomes da Cunha, em Araguaína, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que as duas estudantes passam bem. A menor que foi levemente ferida recebeu o atendimento hospitalar e está em observação. A outra estudante está sendo acompanhada conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

Ameaça de ataque em Araguaína

 

Essa é a segunda ocorrência registrada em uma escola de Araguaína apenas em abril. No início do mês um jovem de 19 anos foi detido pela Polícia Militar em Araguaína, no norte do Tocantins, suspeito de usar uma conta falsa nas redes sociais para fazer ameaças de ataque na escola onde estudava.

Após ser identificado, ele disse que não tinha intenção de concretizar as ameaças e queria apenas provocar pânico porque havia sido vítima da prática de bullying diversas vezes. Ele está respondendo, em liberdade, pela contravenção penal de provocar falso alarme causando pânico ou tumulto.

G1

Postagens relacionadas

Cinco atletas são atropelados durante treino em estrada rural de Palmas – Motorista teria bebido antes de dirigir e foi preso

Gilberto Silva

Tocantins – Suspeito de roubos morre durante tiroteio com a Polícia Militar

Gilberto Silva

PM prende homem por roubo em Araguaína

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies