GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Após 9 anos, surdo de Araguaína consegue auxílio financeiro com apoio da Central de Libras

Após 9 anos tentando a aprovação do BPC (Benefício de Prestação Continuada) por meio judicial, o surdo Antônio Edilson Teixeira, de 47 anos, teve apoio da CIL (Central de Interpretação de Libras) e da Secretaria da Assistência Social para conseguir gratuitamente o auxílio financeiro do Governo Federal. O araguainense mora com a mãe e mais um irmão, no Setor Maracanã.

A assinatura do contrato para a movimentação do benefício foi realizada no último dia 25 de março. Na ocasião, Antônio recebeu o cartão com os dados da conta, acompanhado de sua mãe, Benta Teixeira de Souza, de 79 anos. “O advogado me dizia que estava na mão do juiz e era só esperar a intimação. Foi quando fui fazer o cadastro para poder viajar de graça e receber o Auxílio Brasil, que descobri que eu poderia fazer tudo ali, de graça”.

A intérprete responsável pela CIL, Kerem Vitória, ressalta que o BPC, conquistado pelo Antônio Edilson, é um direito voltado para pessoas que realmente estejam em situação de vulnerabilidade social, seja idoso ou deficiente acima de 65 anos. A renda mensal recebida por beneficiário é de um salário-mínimo.

“É muito honroso saber que por meio da nossa Central de Libras nós conseguimos ofertar apoio a nossa comunidade surda, nesse caso, especificamente, o Antônio.  É muito gratificante ver a alegria do Antônio e da sua mãe, que após 9 anos de espera conseguiram o tão sonhado benefício, e isso proporcionado pelo trabalho da CIL”, contou a intérprete.

Atendimento aos surdos
A CIL de Araguaína foi a primeira do Tocantins a ser implantada, em 2013. A central, além de valorizar as especialidades das pessoas com deficiência atendidas e garantir os direitos adquiridos em lei, ajuda com encaminhamentos de benefícios como Passe Livre Federal, Benefício de Prestação Continuada (BPC) e faz acompanhamento nos exames de audiometria.

A Assistência Social ainda disponibiliza uma sala na secretaria com atendimentos e prestação de serviços virtuais, e um veículo para transportar o deficiente auditivo aos eventos em que for acompanhado pela intérprete. A unidade está localizada na Rua Humberto de Campos, 508, Bairro São João. O atendimento pode ser solicitado das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, no local ou pelo telefone 99221-8359 (whatsapp).

Como pedir o BPC?
O BPC é um dos benefícios que podem ser solicitados após a inclusão gratuita no CadÚnico (Cadastro Único). Os moradores podem buscar mais informações na Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Habitação. Os telefones de contato do CadÚnico são 0800 643 7021, 3414 5691 e 99973 9799.

 

O BPC é um dos benefícios que podem ser solicitados após a inclusão gratuita no CadÚnico (Cadastro Único)

Ascom

 

Postagens relacionadas

Polícia Militar apreende dois adolescentes que praticavam roubos e furtos em Araguaína

Gilberto Silva

Polícia Civil identifica adolescentes suspeitos por uma série de atos infracionais análogos a furtos ocorridos nos últimos dias em Tupirama

Gilberto Silva

Tocantins – Homem é assassinado durante uma festa em um bar e mulher fica baleada

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies