GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Araguaína – Menino caiu em cisterna de 12 metros de profundidade após a tampa do fosso se quebrar quando ele passava por cima

O trabalho rápido e técnico dos bombeiros militares do 2º Batalhão, em Araguaína, salvou a vida de uma criança de três anos, no último sábado, 02. N.K.M.A., caiu numa cisterna de 12 metros de profundidade, após a tampa do fosso se quebrar quando ele passava por cima. O menino foi resgatado sem ferimentos.

O acidente foi por volta das 16h20, no Bairro JK, e gerou uma grande comoção nos vizinhos. Um morador, atendendo o pedido dos pais da criança, lançou uma corda dentro da cisterna, onde ela segurou para não se afogar.

As equipes de resgate do Corpo de Bombeiros Militar, com sete integrantes, chegaram em poucos minutos à residência, iniciando a instalação do sistema para chegar à criança e içá-la de volta à superfície.

Os militares, com o uso de um equipamento conhecido como tripé, realizaram a descida de um bombeiro, desta forma, foi possível chegar com segurança até a criança, e resgatá-la em pouco tempo.

Foto: Divulgação/CBMTO

Segundo os bombeiros militares, o fosso tinha água e a criança só não se afogou porque se segurou na corda lançada pelo vizinho assim que houve o acidente.

Ela foi puxada pelos bombeiros militares, seguro por uma cadeira de corda, montada no estilo rapel, ao corpo dele.

Assim que estava fora do local, a criança se mostrou assustada com o acidente, foi avaliada pelos socorristas, verificando apenas escoriações e foi encaminhada para o Pronto Socorro.

Foto: Divulgação/CBMTO
Foto: Divulgação/CBMTO

Alerta

Diante do ocorrido, o Corpo de Bombeiros Militar alerta a população que usa esse tipo de cisterna para a captação de água, ou como fossa para dispensa de dejetos.

A corporação pontuou alguns detalhes:

– a cisterna para captação de água ou fossa deve estar distante uma da outra, para não haver a contaminação da água a ser consumida;

– durante a perfuração, é recomendável que o vão seja sempre protegido, usando estrutura para evitar o desmoronamento das paredes;

– na conclusão, usar material reforçado como “tampa”, para evitar que pessoas venham a cair dentro.

ASCOM

Postagens relacionadas

Deputados cobram barreiras sanitárias e reforço de medidas preventivas contra covid-19

Gilberto Silva

Avó é esfaqueada ao proteger neta durante assalto em Palmas; criança de 3 anos foi ameaçada

Gilberto Silva

Policial militar salva criança engasgada

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies