GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Delegada da 3ª Delegacia da Mulher ministra palestra sobre violência doméstica a alunos da rede pública de Araguaína

Em comemoração à semana da mulher, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da equipe da 3ª Delegacia de Atendimento à Mulher de Araguaína ministrou nesta quarta-feira, 9, palestras sobre violência contra a mulher e estudantes da rede pública estadual do município do norte do estado.

 

As ações fazem parte do projeto “Fênix”, que foi idealizado pela 3ª DEAM e está sendo realizado nesta semana especial em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Com ações voltadas para o atendimento à comunidade, sobretudo, em bairros e setores periféricos de Araguaína, o projeto Fênix, foi iniciado na última terça-feira, quando as delegadas Sarah Lilian e Ana Maria Varjal, juntamente com a equipe da Deam, estiveram na Escola Municipal Luiz Gonzaga, no Setor Costa Esmeralda, onde participaram de uma série de eventos de segurança pública, assistência jurídica e orientação quando as direitos das mulheres.

 

Ações desta quarta-feira

Nesta quarta-feira, as ações do projeto Fênix foram retomadas quando a delegada Sarah Lilian esteve no período da manhã, no Colégio da Polícia Militar, onde ministrou palestra para mais de 200 alunos de ensino médio da instituição de ensino. Na oportunidade, a delegada Sarah explicou de forma clara e objetiva aos estudantes, todos os conceitos das várias formas de violência doméstica e também disponibilizou os canais de atendimento da 3ª Delegacia de Atendimento à Mulher para recebimento de denúncias.

 

Ainda no período da manhã, as equipes da 3ª DEAM foram até a Escola Municipal Henrique Cirqueira Amorim, onde novamente a delegada Sarah Lilian ministrou palestra para mais de 200 estudantes da unidade educacional, falando sobre a violência contra a mulher.

 

Na avaliação da delegada Sarah Lilian, as duas palestras foram muito exitosas, pois foram direcionadas a um público alvo que é composto por adolescentes que estão em fase de formação de caráter e personalidade e precisam ser conscientizados sobre as questões que envolvem a violência praticada contra as mulheres.

“Enquanto delegada, considero de grande importância, que a Polícia Civil possa prestar esse trabalho cidadão de levar informações e conscientizar os alunos acerca da problemática da violência contra a mulher. Nesse sentido, essas duas palestras alcançaram um público composto em sua maioria por adolescentes que foram devidamente informados sobre os direitos das mulheres e como proceder em caso de fazer denúncias, por meio dos canais disponíveis e também, através da 3ª DEAM”, disse a autoridade policial.

 

Postagens relacionadas

Secretaria Estadual de Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no Tocantins

Gilberto Silva

Comércio de Araguaína retoma atividades sob fiscalização educativa

Gilberto Silva

Confira os compromissos dos candidatos para esta segunda

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies