Do currículo à entrevista: Profissionais dão dicas de como focar na entrevista e cuidados com as redes sociais

Araguaína se consolidou como líder na geração de empregos formais no Tocantins em 2018. Já são dois anos consecutivos criando mais da metade dos postos de trabalho de todo o Estado. Com destaque para 2017, quando o Município ficou entre as 50 cidades brasileiras com maior saldo de vagas criadas.

Com profissionais de Recursos Humanos da Prefeitura, dois textos trazem dicas e alertas para ajudar a população aproveitar esse aquecimento, saindo do desemprego ou alcançando um objetivo maior. O primeiro texto abordou situações relacionadas ao currículo e este segundo a entrevista de emprego.

Foco na entrevista
O candidato precisa programar suas atividades para dar foco na entrevista. Para o momento, as especialistas destacam que não basta ser pontual, deve-se chegar mais cedo para controlar a respiração. A roupa precisa ser neutra, limpa e bem passada. E a aparência precisa estar alinhada com a vaga requerida.

“Os homens estão usando muito a barba grande, de lenhador, mas mesmo com uma barba longa, o que conta é se é zeloso, se tem o ar de limpeza e se está cuidada”, descreve Magda Carvalho, superintendente de Administração e responsável pelo RH.

Já sobre as mulheres, ela orienta que se deve buscar um tom clássico. “Evite pulseiras e colares grandes. A maquiagem não pode ser exagerada. Nada de roupa curta e decote. E não precisa ser um salto, mas também não pode ser aquela rasteirinha que fica arrastando no chão”.

Outro ponto importante desse momento é manter a calma. A superintendente explica que há entrevistadores que atrasam ou fingem desinteresse para aplicar o teste, mas tudo não passa de atuação. “Isso é para saber o nível de tolerância, resistência a frustração e ansiedade. O entrevistador pode até atrasar, o entrevistado tem que chegar no horário e esperar o quanto for”.

Cuidados nas redes sociais
As redes sociais podem prejudicar a conquista da vaga, esee conhecimento já virou de senso comum. Para a superintendente, o emprego é a extensão da vida social, sendo indivisível. “Não dá para ser um emprego e outro na vida social. A minha postura e conduta, formas de levar os processos da vida se refletem”.

“Não é que não deva colocar fotos de biquíni, tudo depende da postura da foto. Precisamos tomar cuidado devido a imagem que precisamos manter na profissão. Se, se posiciona com opiniões muito fortes, pode se mostrar uma pessoa tempestiva e se mostrar sem equilíbrio para lidar com opiniões diversas”, atenta.

As palavras devem ser verdadeiras
A psicóloga Ana Moreira afirma que ser sincero é indispensável, pois a verdade sempre aparece e o novo empregado pode perder rapidamente o posto de trabalho. “Se ficar inventado, uma hora o entrevistador vai pegar, vai se contradizer”, aconselha.

Outro ponto que destacado pelas especialistas é sobre o antigo emprego. “Você quer destruir a chance de ser empregado é falar mal do emprego anterior. É muito comum o entrevistador perguntar o motivo do trabalho anterior. Nunca fale mal. Diga apenas que “chegou momento ou os objetivos não eram os mesmos”, alerta a secretária de Administração, Rejane Mourão.

ASCOM

Comentários

Acesso em 25/05/2019 14:16.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/tocantins/do-curriculo-a-entrevista-profissionais-dao-dicas-de-como-focar-na-entrevista-e-cuidados-com-as-redes-sociais/.