É grave estado de saúde de médico atropelado na TO-050 em treino de ciclismo

O médico ginecologista e especialista em reprodução assistida Pedro Caldas, 40 anos, foi atropelado nesse domingo, 12, por volta das 7 horas, na rodovia TO-050, nas proximidades do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Tocantins (Dertins), em Palmas.

O médico ginecologista e especialista em reprodução assistida Pedro Caldas, 40 anos, foi atropelado nesse domingo, 12, por volta das 7 horas, na rodovia TO-050, nas proximidades do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Tocantins (Dertins), em Palmas.

Caldas estava acompanhando um grupo de amigos em um treino de ciclismo. Ele se encontra na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral de Palmas (HGP).

As primeiras informações são de que ele tenha passado por uma cirurgia em razão de uma fratura craniana, que o deixou com hematoma intracraniano extenso. Informações extraoficiais apontam que ele está em coma e que o estado do médico é considerado grave.

De acordo com o G1 Tocantins, o carro que atingiu Caldas era conduzido por uma jovem que apresentava sinais de embriaguez e não apresentou carteira de habilitação. Além disso, estaria com a pulseira de uma festa realizada durante a madrugada em Palmas. As informações também foram confirmadas pela Polícia Civil (PC).

Com informações do CT

 

 

Comentários