GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Em depoimento, homem confessa de matou comerciante e comeu o coração da vítima

Rafael Araújo de Oliveira afirmou que todos os envolvidos no crime haviam consumido drogas antes do assassinato. Morte de Raimundo Nonato chocou a pequena Dois Irmãos, no interior do Tocantins.

O homem que confessou ser uma das três pessoas que mataram o comerciante Raimundo Nonato Santos Silva, em Dois Irmãos do Tocantins, deu detalhes do crime durante o depoimento na delegacia. Rafael Araújo de Oliveira, de 27 anos, afirma que o coração da vítima foi arrancado e comido pelos executores e que a ideia de fazer isso foi de uma adolescente de 17 anos, que está apreendida. Ele informou ainda que todos os participantes do crime utilizaram drogas antes do assassinato.

Além de Rafael Araújo e da adolescente, Rafael dos Reis de Azevedo também foi detido como suspeito no caso. Ele também tem 27 anos. O g1 ainda não conseguiu localizar as defesas deles.

O vídeo do depoimento foi obtido pelo Jornal do Tocantins e o conteúdo também foi confirmado pelo g1 e pela TV Anhanguera.

Na fala, Rafael Araújo disse que o desentendimento com Raimundo Nonato começou por causa de um esbarrão e da cobrança de uma dívida. Segundo ele, a ideia de roubar a casa do comerciante também foi da adolescente. De acordo com o depoimento, todos tinham consumido maconha, crack e cocaína, além de bebidas alcoólicas.

Ele disse que o homem foi esfaqueado assim que abriu a porta e que foi a adolescente quem arrancou o coração. “[Ela] sentou em cima dele, descontrolada também e ela começou a esfaquear ele. Então ela fez um corte e disse que iria arrancar o coração dele. Ela arrancou, pegou um pedaço, colocou na mesa e mastigou. Ela falou: quer experimentar? Experimentei e joguei fora, não engoli e o Rafael na hora que a gente foi embora deu mais duas facadas nele”.

Raimundo Nonato Santos Silva foi assassinado em Dois Irmãos do Tocantins — Foto: Divulgação

Raimundo Nonato Santos Silva foi assassinado em Dois Irmãos do Tocantins — Foto: Divulgação

Ele relatou ainda que na casa da vítima foi encontrado pouco dinheiro e que cada um saiu do local com R$ 114.

Os três suspeitos foram capturados horas após o crime. O caso está sendo tratado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Exames periciais foram feitos para confirmar a versão de que houve canibalismo, mas ainda não há prazo para que eles fiquem prontos.

Suspeito deu detalhes sobre suposto caso de canibalismo no Tocantins — Foto: Reprodução

Suspeito deu detalhes sobre suposto caso de canibalismo no Tocantins — Foto: Reprodução

O crime

 

O corpo de Raimundo Nonato foi encontrado na tarde de segunda-feira (28) por um vizinho. A polícia desconfiou dos três suspeitos após testemunhas terem relatado uma discussão da vítima com eles na noite anterior. Os três foram detidos e segundo a polícia confessaram. Um deles afirmou que todos comeram pedaços do coração do comerciante.

Como ainda não há confirmação sobre a prática de canibalismo, os dois homens vão responder por latrocínio, que é o roubo seguido de morte e também por corrupção de menores. A adolescente responde por ato infracional análogo ao crime de latrocínio.

O caso chocou a pequena cidade de Dois Irmãos do Tocantins, a 130 km de Palmas. O velório e o enterro do comerciantes foram na manhã desta terça-feira (1º).

Segundo a PM, a menor já tinha sido apreendida anteriormente em Miranorte por ato análogo a tráfico de drogas.

Entre os suspeitos adultos, um dos homens se encontra em liberdade condicional por um caso de estelionato e também responde por uma tentativa de homicídio. O outro não tinha ficha criminal registrada, mas chegou a ser apontado como suspeito de alguns furtos na cidade em outras ocasiões.

G1

Postagens relacionadas

Estudantes que participaram do Enem a partir da edição 2010 podem concorrer a vagas em cursos superiores pelo Fies e P-fies

Gilberto Silva

PM prende suspeitos, apreende drogas e armas de fogo em quatro cidades do Tocantins

Gilberto Silva

Centro de Operações Aéreas auxilia ação de combate ao furto de gado

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies