GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Homens são suspeitos de usar tabacaria como fachada para tráfico e prostituição infantil

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), deflagrou nesta quarta-feira, 13, em Palmeirópolis, mais uma etapa da operação Hórus, a qual resultou nas prisões de dois suspeitos por tráfico de drogas e na apreensão de dezenas de porções de entorpecentes.

 

Coordenada pelo delegado-chefe da 96ª DP, Joadelson Rodrigues Albuquerque, a operação tem por finalidade dar cumprimento a mandados de busca e apreensão em uma tabacaria e também em uma residência da cidade de Palmeirópolis. “Há algum tempo estamos recebendo denúncias que a tabacaria estava sendo utilizada para a prática do crime de tráfico de drogas e também prostituição infantil”, ressalta o delegado.

 

Diante dos fatos, na manhã de hoje, policiais civis da 96ª DP, com apoio de agentes da 8ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (8ª DEIC), e de policiais da 3ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (3ª DHPP), ambas de Gurupi, foram até o local e flagraram dois homens de 35 e 21 anos, de posse de vários pinos de cocaína, e ainda uma porção maior da mesma droga.

 

No local, também foram apreendidos dois veículos, sendo um Hyundai, modelo HB20, e um VW Golf, que eram utilizados para efetuar as entregas de drogas pela cidade. Assim, os dois homens foram presos em flagrante e conduzidos até à sede da 96ª DP e, logo após, encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

Para o delegado Joadelson, as prisões dos dois indivíduos é mais um duro golpe contra a criminalidade, uma vez que havia uma série de denúncias que davam conta da prática dos referidos crimes, na tabacaria, de propriedade do homem de 35 anos.

 

“O resultado da ação policial deflagrada nesta quarta-feira, em Palmeirópolis é classificado como satisfatório, uma vez que a Polícia Civil conseguiu tirar dois suspeitos de traficar drogas de circulação e, assim, trazer mais paz e tranquilidade a toda a população daquela cidade”, disse a autoridade policial.

 

O delegado ressalta ainda que os dois indivíduos presos são considerados de extrema periculosidade, sendo que o mais velho tem passagens por tráfico de drogas, roubo e homicídio, tendo cumprido mais de nove anos de cadeia. O homem de 21 anos tem passagem por roubo.

 

As investigações serão intensificadas a fim de que a Polícia Civil possa verificar todas as denúncias envolvendo prostituição infantil no estabelecimento comercial.

 

Pinos de cocaína apreendidos pela Polícia Civil em Palmeirópolis 
SSP TO

Postagens relacionadas

Governo quer doar área para construção da Câmara de Xambioá

Gilberto Silva

Fogo atinge depósito de produtos hospitalares em Araguaína

Gilberto Silva

Governo do Tocantins prorroga suspensão das aulas e jornada reduzida para servidores públicos até 30 de junho

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies