GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Jalapão – Após reclamações e providências judiciais, a Ponte Mumbuca é finalizada

Após mais de seis meses, muitos problemas, reclamações e providências judiciais, a ponte que dá acesso à comunidade Mumbuca, na região do Jalapão, finalmente foi finalizada.

A obra é da Prefeitura Municipal de Mateiros, através do Governo do Estado do Tocantins, com o apoio de doações de empresários, e aconteceu após Decisão Judicial a pedido da Defensoria Pública do Tocantins, por intermédio do DPAGRA – Defensoria Pública Agrária, coordenada pelo defensor público Pedro Alexandre Conceição.

A ponte ficou totalmente destruída após incêndio no dia 24 de agosto do ano passado. Mais de 60 famílias da região estavam ilhadas e sem estrutura, o que dificultava tarefas simples de serem realizadas, como comprar alimentação ou acesso à escola e as crianças da comunidade sequer conseguiram concluir o ano letivo, em razão do completo isolamento.

Ação

A Ação Civil Pública do DPAGRA juntamente com o NDDH – Núcleo Especializado de Defesa dos Direitos Humanos e NAC – Núcleo de Ações Coletivas foi deferida pela Justiça em 24 de janeiro deste ano e estipulava o prazo de 45 dias para providências. Porém, a cobrança da reforma da ponte por parte da Defensoria Pública do Estado do Tocantins já acontece desde o ano de 2014, por meio de comunicados, ofícios e reuniões.

Entenda o Caso

Dentre outras providências, o coordenador do DPAGRA, defensor público Pedro Alexandre Conceição, lembra que a Defensoria Pública do Estado do Tocantins comunicou ao Município de Mateiros sobre a precariedade da ponte, quando visitou a comunidade durante atendimento itinerante do projeto “Defensoria Quilombola”, realizado em Mateiros, em junho de 2016.

Quando houve o incêndio da ponte de acesso à comunidade, que culminou em sua destruição total, o núcleo da Defensoria especializado requisitou informações e providências ao Governo do Estado e ao Município de Mateiros.

O DPAGRA – Defensoria Pública Agrária oficiou o prefeito da cidade de Mateiros, Júlio Mokfa, e ao Governo do Estado solicitando informações e providências ainda no mês de agosto de 2016. Na resposta do município, foi encaminhado projeto de construção de nova ponte de madeira superorçado em R$ 800 mil e informando ausência de verbas municiais para a construção da ponte. Já o Governo do Estado nunca enviou resposta. No final do ano passado, o DPAGRA foi informado de que o Governo do Estado havia elaborado projeto para a construção de ponte de madeira na comunidade, cujo orçamento estaria em torno de R$ 64 mil.

No dia 8 de dezembro de 2016, representantes da Comunidade Mumbuca encaminharam pedido de socorro para a Defensoria, relatando o desespero da comunidade sem qualquer acesso a Mateiros, momento em que foi proposta a Ação Civil Pública, deferida pela Justiça.

Núcleo

O DPAGRA atua na área do Direito Agrário, primordialmente em ações de prevenção à violência no campo, mediação dos conflitos agrários, defesa administrativa ou judicial dos trabalhadores, camponeses, de todos e quaisquer rurícolas e ainda ajuizando demandas individuais e coletivas que envolvam questões agrárias. Além disso, estabelece parcerias em prol da pacificação, do desenvolvimento do campo e evolução científica do Direito Agrário e contribui com o desenvolvimento da agricultura familiar e educação no campo.

Fonte: Defensoria Pública-TO

Postagens relacionadas

Wagner inaugura obras e assina ordem de serviço para asfaltar Setor Monte Sinai nesta quarta-feira, 17

Gilberto Silva

Única mulher candidata a governadora do Tocantins Bernadete Aparecida assina termos de compromisso com infância e adolescência

Gilberto Silva

Polícia Militar recupera objetos furtados

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies