GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Marcelo Miranda defende novo modelo de ensino médio instituído nesta quinta-feira

Um importante passo na educação brasileira foi dado na manhã desta quinta-feira, 16, com a sanção da Lei que institui um novo modelo de ensino médio. O governador Marcelo Miranda participou da cerimônia presidida pelo presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília. O novo modelo deverá ser adotado com a finalização da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que irá nortear os currículos das escolas de ensino médio. A secretária de Estado da Educação, professora Wanessa Sechim, também participou do evento.

A nova estrutura será dividida em duas partes: uma será comum e obrigatória a todas as escolas, não podendo exceder 1.800 horas do total da carga horária do ensino médio; e a outra parte, composta por itinerários formativos nas áreas de conhecimento ou de atuação profissional, será flexível. Cada estado, bem como o Distrito Federal, será responsável por organizar os seus currículos considerando a Base Nacional Comum Curricular e as demandas dos jovens, que terão outras chances de fazer suas escolhas e construir seu projeto de vida.

Em sua fala, o presidente Michel Temer afirmou que a reforma do ensino médio é mais um passo decisivo rumo à modernização do País. Ele adiantou que isso será possível por meio de uma “agenda inadiável de reformas que o Brasil tanto necessita e que nós, com responsabilidade e decisão política, estamos realizando”, garantiu.

O governador Marcelo Miranda acredita e defende o novo modelo a ser adotado, especialmente por existir um consenso nacional entre os segmentos e os atores envolvidos no setor, de que a educação no País precisa rever conceitos, formas, metas e investimentos. “Todos os indicadores nacionais e internacionais confirmam a estagnação do ensino médio. Essa assinatura hoje [quinta-feira, 16] é prova de que o governo federal está buscando mudar esse quadro. E é nessa linha que o Tocantins está definindo seus objetivos, metas e ações, no sentido de melhorar o processo de ensino e aprendizagem”, defendeu.

Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, a sanção da lei é o início de uma grande mudança na educação brasileira. “A maior mudança estrutural na educação básica do País”. A secretária de Estado da Educação do Tocantins, professora Wanessa Zavarese Sechim, compartilha da mesma opinião. “O modelo atual está defasado. Já não desperta interesse do aluno do Ensino Médio: seja pela falta de motivação, pelo excesso de disciplinas, além de outros motivos”, destacou.

Medida

A medida foi aprovada no Senado, na última semana, por 43 votos a favor. Com a sanção da Lei pelo presidente Michel Temer, o próximo passo é a publicação da Base Nacional Comum Curricular. Ela já vem sendo debatida e elaborada por um Comitê presidido pela secretária executiva do Ministério da Educação, Maria Helena de Castro.

O evento foi prestigiado por centenas de profissionais da Educação, do staff da presidência, secretários de estado do segmento educacional, governadores, outras autoridades estaduais, federais e estudantes.

Postagens relacionadas

Idoso portador de Alzheimer é agredido por jovem com socos em Araguaína

Gilberto Silva

No Tocantins, 10 metros de rodovia foram levados pelas águas em um trecho da TO-080

Gilberto Silva

Homem que teria usado dinheiro falso para comprar bebida em casa noturna na capital

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies