PF faz operação contra grupo criminoso suspeito de fraudes bancárias pela internet

A Polícia Federal realiza a operação Dr. Cross contra um grupo criminoso suspeito de fraudes bancárias pela internet. Policiais federais cumprem, na manhã desta terça-feira (24), 23 mandados judiciais, sendo 13 de prisão preventiva e 10 de busca e apreensão.

Segundo a PF, os suspeitos criavam páginas falsas na internet, geralmente de grandes sites conhecidos dos consumidores. Depois, faziam anúncios de produtos com preços bem abaixo do mercado. Quando a vítima comprava o produto, o boleto era direcionado para pagamento de compra de produtos em outros sites. O envio dos produtos era destinado aos integrantes do grupo.

A operação começou por causa da operação Cracker, realizada pela PF no ano passado. Foram realizadas perícias nos computadores apreendidos de dois investigados e a polícia conseguiu identificar outros criminosos especialistas em fraudes pela internet.

O nome da operação faz referência ao apelido usado por um dos principais investigados em um grupo de Skype onde ele se reunia com vários outros crackers.

G1/TO

Comentários

Acesso em 20/05/2018 14:34.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/tocantins/pf-faz-operacao-contra-grupo-criminoso-suspeito-de-fraudes-bancarias-pela-internet/.