GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

PL da deputada Claudia Lelis requer que Lei Maria da Penha seja discutida nas escolas estaduais

O projeto de lei da deputada estadual Claudia Lelis (PV) apresentado na sessão desta terça-feira, 29, requer que noções básicas da Lei Maria da Penha sejam ensinados nas escolas públicas e privadas estaduais.

O projeto Lei Maria da Penha vai à escola deverá ser desenvolvido por meio das Secretarias de Educação, Secretaria de Ação Social e Conselho Estadual de Direitos da Mulher do Estado do Tocantins. Segundo a parlamentar, o objetivo começar a debater a Lei Maria da Penha as estudantes como forma de orientar e conscientizar.

“ É instituir uma nova cultura de combate à violência contra a mulher, onde professores e alunos, irão debater pontos da Lei além de orientar e conscientizar estudantes. Acredito que os estudantes serão multiplicadores e ajudaram muito na luta pelo combate à violência contra a mulher”, defendeu Lélis.

Esse tipo de ação já está sendo desenvolvida em estados como Pernambuco, Minas Gerais, Distrito Federal e Piauí. “ O Tocantins precisa estar à frente dessa importante atuação preventiva e educativa de enfrentamento à violência doméstica e tenho certeza que os parlamentes irão acatar essa PL”, reforçou Claudia.

Pontos da Lei

Fica estabelecido que os estabelecimentos de Ensino Médio integrantes da Rede Estadual Pública e Privada de ensino do Estado do Tocantins, torna-se obrigatório o ensino de noções básicas sobre a Lei Maria da Penha e será desenvolvido sob a denominação “Programa Lei Maria da Penha vai à Escola”.

O “Programa Lei Maria da Penha vai à Escola” tem como objetivo:
I – Contribuir para o conhecimento da comunidade escolar acerca da Lei no 11.340, de 07 de agosto de 2006 – Lei Maria da Penha;
II – Impulsionar as reflexões sobre o combate à violência contra a mulher, divulgando o serviço Disque-Denúncia Nacional de Violência contra a Mulher, Disque 180 e o disque 100 da DEAM;
III – Conscientizar adolescentes, jovens e adultos, estudantes e professores que compõem a comunidade escolar, da importância do respeito aos Direitos Humanos, notadamente os que refletem a promoção da igualdade de gênero, prevenindo e evitando, dessa forma, as práticas de violência contra a mulher.
IV – Explicar sobre a necessidade da efetivação de registros nos órgãos competentes de denúncias dos casos de violência contra a mulher, onde quer que ela ocorra.

O Projeto Lei será executado numa parceria entre a Secretaria de Defesa Social e pela Secretaria de Educação do Estado do Tocantins, e com possível parceria com entidades governamentais e não governamentais, ligadas à temática da Educação e dos Direitos Humanos.

ATN TO

Postagens relacionadas

Tocantins – Cadeirante é preso com arma de fogo e drogas após prisão de suspeito de tentativa de homicídio

Gilberto Silva

Prefeitura de Peixe decide reabrir praia da Tartaruga para a temporada

Gilberto Silva

Governo do Tocantins entrega veículos novos para núcleos de atendimento do Procon Tocantins

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies