Polícia detalha como foi a ação em Wanderlândia que resultou na morte de um homem

MORTE EM DECORRÊNCIA DE RESISTÊNCIA CONTRA FORÇA POLICIAL

O fato aconteceu às 17h30 desta sexta-feira, 12, na Rua Nosso Posto, Setor Maria Freitas, em Wanderlândia/TO. A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima que informava que um homem de 27 anos estava escondido o endereço acima.

O homem, que tem passagens pela polícia por crimes tais como, homicídio, roubo, tráfico de drogas e que tem mandado de prisão em aberto contra ele, foi denunciado porque o mesmo estava intimidando populares com ameaças e com atitudes violentas na região.

De posse dessa informação, os Policiais Militares realizaram o cerco do mencionado local e ao dar voz de prisão ao denunciado, o mesmo sacou um revólver calibre 32 e fez menção de atirar contra os policiais que repeliram imediatamente a injusta agressão com meios legais e proporcionais necessários. O agressor foi atingido pelos PMs por dois disparos de arma de fogo, cessando assim a resistência que colocou em risco a vida dos policiais.

A Polícia Militar acionou imediatamente a médica plantonista de Wanderlândia no intuito de socorrê-lo, porém, ao chegar ao local a mesma constatou que ele já havia evoluído a óbito.

A Perícia Técnica foi acionada e além da arma de fogo municiada, foram encontrados, dois papelotes de substâncias entorpecentes análogas a Crack, um tablete de maconha e quinhentos e cinquenta e cinco reais em dinheiro.

A Polícia Civil também foi notificada spbre o ocorrido e o corpo foi conduzido ao Instituto Médico Legal de Araguaína.

Ressalta-se que além de estar com mandado de prisão em aberto devido a seus crimes cometidos, o rapaz abordado era considerado de alta periculosidade, devido suas ações agressivas e violentas na região.

Fonte: 2º BPM TO

Comentários

Acesso em 24/06/2018 05:36.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/tocantins/policia-detalha-como-foi-acao-em-wanderlandia-que-resultou-na-morte-de-um-homem/.