GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Prefeitura de Araguaína avisa para famílias deixarem portas e janelas abertas quando carros fumacê passarem

.

Várias ações estão sendo realizadas continuamente no Município de Araguaína para o combate ao Aedes aegypti. Uma delas, são os carros fumacê, que desde a semana passada percorrem bairros prioritários onde foram encontrados mais focos do mosquito e registrados casos de doenças como dengue, Chikungunya e Zika vírus. A pulverização acontece a partir das 4 horas da madrugada e 17 horas e as famílias devem deixar portas e janelas abertas.

Na tarde de ontem, os carros fumacê percorreram quarteirões do setor Jardim Santa Mônica e Setor Couto Magalhães, hoje e amanhã seguem em ruas do Bairro São João. Os carros realizam três ciclos, ou seja, assim que terminam os bairros retomam novamente mais duas vezes.

Os bairros prioritários são: Nova Araguaína, Setor Couto Magalhães, Noroeste, Araguaína Sul, Maracanã, Bairro São João, Entroncamento, Rodoviário, Monte Sinai e região central.

Famílias juntas no combate

A dona de casa Josilene Gonçalves sabe bem da importância de manter quintais limpos evitando a proliferação do mosquito, visto que contraiu Chikungunya em 2015. “Fiquei muito preocupada, na época tinha acabado de ter meu bebê e não foi fácil, sentia muitas dores pelo corpo, na cabeça e tive febre”, contou.

Desde então, Josilene limpa sempre o quintal e comemorou a pulverização. “Acho que os carros fumacê podem ajudar a matar os mosquitos e fiquei feliz quando vi eles passando por aqui’, disse.

Mutirão

De 15 em 15 dias, os agentes de combate às endemias percorrem locais onde são encontrados muitos focos. No último mutirão realizado na semana passada foram eliminados 43 focos. Os agentes percorrem e eliminaram 25 focos no 2º Batalhão da Polícia Militar; sete na Delegacia Especializada em Investigação Criminal (DEIC), oito na Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA); e três no aeroporto. Locais esses que estão em bairros com índices maior de contaminação.

Mais ações

Outras ações estão sendo realizadas como borrifação com bombas e trabalho de rotina nos setores, com a força-tarefa dos agentes de endemias e a ajuda de agentes comunitários de saúde.

Acontecem também palestras dinâmicas com teatro e fantoches, nas escolas e outros órgãos com equipes de Vigilância em Saúde, do Centro de Controle de Zoonoses.

Em 2016, foram distribuídas à comunidade armadilhas para capturar os mosquitos. Os carros ‘fumacê’, também estiveram em Araguaína passando pelos bairros mais vulneráveis.

Houve também várias ações em conjunto com Exército Brasileiro, batalhões Infantaria 50-Biz, de Imperatriz (MA), e 23ª Brigada de Infantaria de Selva, de Marabá (PA), além de outras instituições.

Postagens relacionadas

Polícia deflagra operação contra à criminalidade e prende três pessoas por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo

Gilberto Silva

Estudantes da UFT apresentam projeto na Agrotins sobre produção de banana passa

Gilberto Silva

Araguaína: Agência de Trânsito leiloa mais 220 veículos no dia 7

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies