Protestos aconteceram em 198 cidades e Bolsonaro enfrenta maior ato contra governo

Protestos contra o corte no orçamento da educação foram realizados nesta 4ª feira (15.mai.2019) em todos os 26 Estados e no Distrito Federal. Ao menos 198 cidades tiveram manifestações.

Com pouco mais de 5 meses no poder, esta foi a 1ª onda de manifestações contra o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Os Estados com mais cidades em que há relatos de protestos são: São Paulo, Minas Gerais e Bahia. São Paulo tem 24 cidades com manifestações; Minas, 21; e Bahia, 12.

A UNE (União Nacional dos Estudantes) convocou nova mobilização nacional para o dia 30 de maio.

Eis o número de manifestantes estimado em algumas cidades. Dados dos membro organizadores:

  • Curitiba: 20 mil;
  • Brasília: 50 mil;
  • Campo Grande: 10 mil;
  • Aracajú: 27 mil;
  • Salvador: 50 mil;
  • Fortaleza: 100 mil.

Em Brasília, o repórter fotográfico do Poder360, Sérgio Lima, acompanhou e registou o ato na Esplanada dos Ministérios.

O Poder360 também fez 1 compilado de vídeos das manifestações pelo país. Assista.

O que diz Bolsonaro

Em resposta aos atos, o presidente criticou os estudantes que protestam contra o bloqueio dos recursos nas universidades e os chamou de “idiotas úteis” e “massas de manobra”.

“A maioria ali é militante. Se você perguntar a fórmula da água, não sabe, não sabe nada. São uns idiotas úteis que estão sendo usados como massa de manobra de uma minoria espertalhona que compõe o núcleo das universidades federais no Brasil”.

Nesta 4ª feira (15.mai.2019), presta esclarecimentos nesta 4ª feira (15.mai.2019) no plenário da Câmara dos Deputados sobre o corte no orçamento de universidades. Assista.

Em sua apresentação inicial, Weintraub disse que as prioridades do governo são o Ensino Médio, a pré-escola e a creche: “Destaque para a creche, estamos muito atrás das metas que os senhores, que o Congresso, apresentou à nação”. 

Atos em São Paulo

Na capital de São Paulo, os atos começaram na Avenida Paulista, em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo). Os 2 sentidos foram interditados. Também foram registradas manifestações no bairro Higienópolis e na USP (Universidade de São Paulo).

© Reprodução

Atos no Rio de Janeiro

No Rio, a concentração inicial foi na Candelária e na Praça XV, ambas no Centro. Algumas universidades e escolar suspenderam suas atividades para protestar.

© Reprodução

Brasília

A Esplanada dos Ministérios, em Brasília, foi palco de manifestação na nesta 4ª feira (15.mai.2019). Estudantes e professores protestaram contra o corte na educação anunciado pelo MEC (Ministério da Educação).

A estimativa informada ao Poder360 pela PM-DF foi cerca  7.000 manifestantes.

Eis uma galeria com fotos dos atos:

Professores e alunos protestam em todo o país neste dia 15 de maio contra os cortes do governo para a a educação
Comentários

Acesso em 18/08/2019 16:57.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/tocantins/protestos-aconteceram-em-198-cidades-e-bolsonaro-enfrenta-maior-ato-contra-governo/.