GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Tocantins – Mobilização da Educação reune parceiros no combate ao mosquito Aedes aegypti

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) realizou nesta sexta-feira, 24, a Sexta sem Aedes, uma mobilização da Educação no combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação tem o objetivo de fortalecer o trabalho estratégico na eliminação de focos durante o período epidêmico do mosquito e faz parte das diretrizes do Ministério da Saúde.

Reunindo diversos parceiros como a Secretaria de Estado da Saúde, o Centro de Controle de Zoonoses de Palmas (CCZ), a Defesa Civil, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), o Corpo de Bombeiros e a Marinha, a mobilização saiu do pátio do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Palmas (Seturb), passando pelas quadras 104 e 106 Sul e teve o encerramento com uma apresentação teatral do Colégio Estadual Frederico Pedreira Neto. Durante o percurso, técnicos da Seduc entregaram um folder explicativo com ações de prevenção ao mosquito.

Agentes de endemias do CCZ foram acompanhados de alunos da rede pública de ensino e passaram de casa em casa, monitorando e alertando a população dos cuidados necessários para a eliminação de focos do Aedes. Eduardo Rodrigues, aluno do 2º ano da Escola Estadual de Tempo Integral Raquel de Queiroz, foi um dos participantes. “Acho muito importante que todos participem desse tipo ação, todos nós precisamos estar atentos para evitar a dengue, principalmente nós que somos jovens”, concluiu.

A professora da Educação de Jovens e Adultos da Apae, Simone Cavalcante, foi com sua turma para a mobilização e lembrou que a atividade foi uma extensão do trabalho realizado em sala de aula. “Esse é um tema que sempre enfatizamos com nossos alunos, sempre reforçando que é um trabalho de todos. Por isso é muito importante que todos, independente de alguma limitação, estejam envolvidos”, disse.

Diretora da Diversidade e Projetos Educacionais da Seduc, Tereza Luiza Dias afirmou que as ações de enfrentamento são pensadas após a realização de um mapeamento. “Realizamos um mapeamento de casos do Aedes no Estado, e assim fazemos a distribuição do trabalho de prevenção e erradicação. Essa sala de controle tem a participação de todas as entidades, a Saúde, a Seduc, o Corpo de Bombeiro e a Polícia Militar”, pontuou.

Para o representante do Corpo de Bombeiros, capitão Marinho, a participação da Educação é estratégica. “A Seduc já vem trabalhando no combate ao mosquito, conscientizando por meio das escolas e dos alunos, e eles dentro de suas casas vão estar, com certeza, orientando seus pais para eliminar os focos, de forma que o combate seja muito mais eficiente”, finalizou.

A gerente da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses, Betânia Costa, explicou que esse mutirão já vem sendo realizado há algumas semanas, sempre com novos agentes envolvidos. “É um protocolo de rotina, mas reunindo todos esses órgãos mostramos para a população que estamos juntos no combate ao mosquito e estimulamos a população a se organizar e também combater”, concluiu.

 

Postagens relacionadas

Operação Poker Face em Porto Nacional – Delegado de Polícia fala sobre o possível esquema fraudulento de licitações

Gilberto Silva

Programa Morar Bem do Governo do Tocantins inicia venda de apartamentos em Palmas

Gilberto Silva

Suspeito de participar de três homicídios em Araguaína é preso; delegado responsável pelo caso dará detalhes sobre o crime em coletiva

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies