GS NOTÍCIAS – Portal Gilberto Silva
Tocantins

Transplante de córneas já é realizado no Tocantins e Banco de Olhos necessita de doações

Na noite desta terça-feira, 28, as pessoas que passaram pela Praça dos Girassóis, em Palmas, tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o serviço oferecido pela Central de Transplantes do Tocantins (CETTO) e pelo Banco de Olhos do Tocantins (Boto). É que as equipes desses serviços desenvolveram uma ação de divulgação sobre doação de córneas. O transplante de córneas já está sendo realizado no Estado e necessita de doações.

“O objetivo dessa ação é incentivar a doação de córnea, mostrar que este serviço funciona no Tocantins. A morte ainda é um tabu entre as famílias e muitas preferem não falar sobre isso, por isso, quando ocorre o óbito, a família, naquele momento difícil e sofrido, fica sem saber o que fazer. Daí a importância da pessoa manifestar seu desejo em vida”, destacou a gerente da CETTO, Patrícia Nossal.

O servidor público Julio Cesar Alexandre estava passando pela praça e foi abordado pela equipe. Ele aproveitou o momento para receber orientações e tirar dúvidas. “Não sabia que o Estado já estava fazendo transplantes de córnea, mas agora vou deixar minha família ciente que quero ser doador, pois após o desencarno o corpo ainda poderá ser útil para salvar vidas”, disse.

A oftalmologista do Banco de Olhos, Ana Beatriz, participou da ação e esclareceu as dúvidas sobre o procedimento. “Após o óbito, a doação deve ser feita o mais rápido possível. Como o serviço é novo no Estado, muitos não sabem da existência do Banco de Olhos e dos transplantes, por isso a importância desta ação.”

Na ocasião, também foi apresentado o helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAer) e sua tripulação. “Estamos fazendo um termo de cooperação com a CIOPAer para que em casos de necessidade tenhamos um transporte mais ágil para transportar equipe, paciente ou até as córneas”, explicou a gerente da Central, Patrícia Nossal.

Fluxo de atendimento

Para o cidadão entrar na lista de espera de transplante é necessário que realize uma consulta com oftalmologista e que este lhe dê indicação para o procedimento. Com a indicação médica, a pessoa pode procurar a Regulação Estadual, que a encaminhará para o HGP. No ambulatório do hospital, um oftalmologista fará um laudo médico confirmando a necessidade e encaminhando o paciente para avaliação da equipe de transplante, que vai cadastrar o usuário do SUS no Sistema Informatizado de Gerenciamento. A partir daí, ele já está na lista da Central Nacional de Transplante.

A equipe transplantadora pode receber córneas de qualquer Banco de Olhos do Brasil, pois é credenciada pelo Sistema Nacional de Transplante. O Banco é responsável pela abordagem, captação, preparo e armazenamento de córneas para transplante. Desde que foi habilitado pelo Ministério da Saúde, no fim do ano passado, o Serviço de Transplante do Estado já realizou 20 procedimentos. Atualmente, 14 pacientes do Estado estão na lista para realização de transplante de córnea.

Dois hospitais estão habilitados para a realização deste tipo de transplante no Tocantins, o Hospital Geral de Palmas, e um privado. A doação de córneas pode ser realizada através de contato direto com o Banco de Olhos pelos telefones (63) 3218-1061 ou (63) 99208-9392.

 

ATM TP

Postagens relacionadas

Motociclista morre após moto bater de frente com carro na BR-153 em Araguaína

Gilberto Silva

Polícia Civil intensifica buscas a homem desaparecido em Dois Irmãos do Tocantins

Gilberto Silva

Acidente na rodovia TO-010 resulta na morte de empresário de Palmas

Gilberto Silva

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies