Vence prazo para retirada e lixo hospitalar continua enterrado em fazenda da família do deputado Olyntho Neto

Resíduos foram encontrados há quase três meses na propriedade da família do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB). MPE apresentou primeira denúncia sobre o caso nesta sexta-feira.

Quase três meses após ser encontrado enterrado em uma fazenda da família do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), o lixo hospitalar descartado irregularmente no local ainda não foi retirado. O prazo que o Instituto Natureza do Tocantins deu para que os resíduos fossem removidos venceu nesta sexta-feira (8), mas no sábado (9) a porteira estava trancada e não havia ninguém trabalhando no local.

O lixo se tornou um escândalo após a Polícia Civil descobrir que as empresas responsáveis pelo recolhimento nos hospitais e pelos imóveis onde os resíduos foram abandonados eram da família do deputado. O pai e dois irmãos dele foram denunciados pelo Ministério Público Estadual nesta sexta-feira e o parlamentar segue sob investigação.

O primeiro flagrante foi no dia 7 de novembro, em um galpão no distrito industrial de Araguaína. Na época, o ex-juiz eleitoral João Olinto, que é pai do deputado, foi filmado tentando impedir os fiscais de entrarem no local.

No dia 24 do mesmo mês, o lixo foi localizado pela Polícia Civil enterrado na fazenda. O Naturatins foi procurado para comentar o caso, mas não enviou resposta.

O advogado que representa a família Olinto disse que vai se manifestar somente em juízo para as autoridades competentes.

G1

Comentários

Acesso em 18/02/2019 22:17.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/tocantins/vence-prazo-para-retirada-e-lixo-hospitalar-continua-enterrado-em-fazenda-da-familia-do-deputado-olyntho-neto/.