Vereador Carlos Silva cobra presença de médico perito à disposição da agência do INSS em Araguaína/TO

O vereador de Araguaína Carlos da Silva Leite (PSDC), apresentou nesta semana na câmara municipal, uma indicação direcionada ao presidente do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), Leonardo de Melo Gadelha.

A indicação do parlamentar consiste em solicitar do instituto, a presença permanente de um médico perito, que fique à disposição da agência do INSS em Araguaína.

O vereador, que também é funcionário do órgão federal, vive diariamente o problema das pessoas que precisam e reclamam da grande deficiência notória.

Atualmente, a demanda de perícias são feitas em outras cidades, com no mínimo 100Km (cem quilômetros) de distância.

Há mais de dois anos não se tem perícia realizada em Araguaína, cidade com mais de 170.000 (cento e setenta mil) habitantes. Cabe ressaltar que as pessoas que precisam desse tipo de atendimento, em sua maioria, já encontram-se em situação delicada social, financeira e de saúde, ficando ainda mais difícil os deslocamentos para outras cidades. Logo esse é, sem sombra de dúvidas, um assunto de extrema relevância para a sociedade.

O vereador justificou na tribuna da casa de Leis, sobre a importância da presença do perito para atender essa demanda.

“Pretendo discutir profundamente o tema, mas de forma simples, clara e objetiva. A priori vem o questionamento: até quando os beneficiários do INSS terão que passar por esse transtorno? Quem é responsável por resolver esta situação?. Sabemos que de acordo com o artigo 194, VII, confere “caráter democrático e descentralizado da administração da seguridade social, mediante gestão quadripartite, com a participação dos trabalhadores, empregadores, aposentados e governo nos órgãos colegiados.”. Claro, cada um em sua específica parcela de contribuição, porém também é importante esclarecer que o Instituto Nacional do Seguro Social é uma pessoa jurídica de direito público, criada por lei para gerir a concessão e manutenção dos benefícios previdenciários”, justifica o vereador.

A indicação foi discutida e aprovada por unanimidade pelos demais vereadores daquela casa de Leis.

O vídeo mostra o parlamentar no uso da tribuna apresentando sua propositura:

 

 

Comentários