Vereadores do TO se reúnem em Palmas para discutir problemas relacionados a serviços da BRK Ambiental

A Câmara Municipal de Palmas e a União dos Vereadores do Estado do Tocantins (UVET) realizaram na sexta-feira, 28, uma grande reunião com a presença de parlamentares de diversos municípios que recebem os serviços da concessionária BRK Ambiental. Na pauta, a discussão sobre os serviços oferecidos, subsídios e, principalmente, as taxas de água e esgoto praticados pela referida empresa.

O vereador de Araguaína e presidente da UVET, Terciliano Gomes Araújo (PDT), usou a tribuna para enaltecer a união dos municípios. “É uma ampla discussão, precisamos pensar no que podemos fazer em prol da população, deixando de lado qualquer assunto partidário. A UVET é parceira e agradece a Câmara de Palmas por nos acolher”, disse.

Para o presidente da Câmara Municipal de Colinas do Tocantins, vereador Geraldo da Cunha Pacheco Júnior (PPS), explanou sobre os prejuízos financeiros oriundos da BRK Ambiental. “Falar da BRK para nós é motivo de muita tristeza e insatisfação. Esta empresa tem causado prejuízos enormes e incalculáveis a nossa população, trazendo danos ao bolso do nosso contribuinte. Em Colinas não é diferente, temos um serviço precário de esgoto e água e pagamos uma conta cara. Esta reunião servirá para que a mesma possa ser responsabilizada e ter um compromisso sério com o povo tocantinense”, enfatizou.

Já presidente da Agência de Regulação e Fiscalização de Serviços Públicos de Palmas (ARP), Juliana Nonaka, apresentou dados que mostram o panorama atual dos serviços prestados pela BRK Ambiental em Palmas. Segundo o estudo, há uma evidente sobrecarga financeira aos usuários. “Para todas as questões levantadas há solução, tudo pode ser objeto de remodelagem para todos os municípios. Nossa agência foi criada em 2017 e vem trabalhando para que haja um serviço prestado de qualidade e remunerado de uma forma justa”, finalizou a gestora.

Na reunião o vereador Marilon Barbosa (PSB) falou sobre a importância de dar respostas a população.”Esta empresa é gerenciada por oportunistas que chegam e se aproveitam da nossa população; São milhões e milhões de investimentos que não são utilizados da forma correta. É preciso pensar na coletividade. Já tramita nesta Casa um projeto de lei para reduzir em 50 % a taxa de esgoto sanitário, vamos defender e trabalhar em cima disso, o esgoto com taxa de 80% é um assalto o contribuinte. Não podemos ficar parados, precisamos nos unir trabalhar com variedade de ideias e aproveitá-las da melhor forma. Nós temos o dever de fiscalizar”, analisou Barbosa.

 

Comentários

Acesso em 21/09/2019 12:07.
Link: http://portalgilbertosilva.com.br/noticias/tocantins/vereadores-do-to-se-reunem-em-palmas-para-discutir-problemas-relacionados-a-servicos-da-brk-ambiental/.