Autor: francisco.sousa

Diante das altas temperaturas do verão, um alerta. Os casos de queimaduras de sol em crianças estão aumentando. No Rio de Janeiro, o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II, por exemplo, registra uma elevação de 20% a 30% nos registros relacionados à exposição excessiva ao sol entre os pequenos, durante a estação. O hospital conta com 15 leitos para adultos e cinco para crianças. Carolina Junqueira, chefe do setor, ressalta que pais e responsáveis devem redobrar os cuidados. E dá algumas dicas importantes de prevenção de queimaduras: “medidas para prevenir seriam evitar exposição direta ao sol…

consulte Mais informação

Diante das altas temperaturas do verão, um alerta. Os casos de queimaduras de sol em crianças estão aumentando. No Rio de Janeiro, o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II, por exemplo, registra uma elevação de 20% a 30% nos registros relacionados à exposição excessiva ao sol entre os pequenos, durante a estação. O hospital conta com 15 leitos para adultos e cinco para crianças. Carolina Junqueira, chefe do setor, ressalta que pais e responsáveis devem redobrar os cuidados. E dá algumas dicas importantes de prevenção de queimaduras: “medidas para prevenir seriam evitar exposição direta ao sol…

consulte Mais informação

A prefeitura do Rio confirmou, nesta quarta-feira (14), mais uma morte por dengue na cidade neste ano. A capital fluminense vive uma epidemia da doença, com cerca de 10 mil notificações apenas no mês de janeiro. A vítima foi um homem de 23 anos, morador de Senador Camará, na zona oeste carioca, que contraiu dengue tipo 2. A primeira morte anunciada pela Secretaria Municipal de Saúde, há apenas uma semana, também foi de um homem de 45 anos, no Complexo da Maré, na zona norte. No momento, outros dois óbitos estão em investigação. No estado, o número de casos prováveis…

consulte Mais informação

Já chegou ao estado de São Paulo a primeira remessa de doses da vacina contra a dengue. Segundo a Secretaria de Saúde, a pasta recebeu quase 80 mil doses do imunizante, enviadas pelo Ministério da Saúde, para começar a campanha de vacinação contra a doença no estado. O imunizante é da vacina Qdenga, do laboratório japonês Takeda. Como esse número de doses é limitado, a imunização vai ser iniciada em crianças de 10 e 11 anos, nos onze municípios do Alto Tietê, região que fica a leste da cidade de São Paulo. A prioridade nessa área foi definida pelo próprio…

consulte Mais informação