Autor: pedro.lacerda

O Ministério da Saúde informou, nesta quinta-feira (8), a modificação da faixa etária que será imunizada contra a dengue no Distrito Federal. Inicialmente, a orientação era de que os jovens entre 10 e 14 anos integrariam o público-alvo. Agora serão vacinadas apenas as crianças de 10 e 11 anos. Serão duas doses, com intervalo de 90 dias entre elas. A alteração se deve a quantidade de doses enviadas pelo governo federal ao Distrito Federal. Nesta quinta foram entregues mais de 71 doses, ou 36% do previsto. Anteriormente, o ministério havia informado que faria o envio de 194 mil doses, o…

consulte Mais informação

Um estudo de longo prazo reforça que a vacina contra o HPV, que protege contra o câncer de colo de útero, é segura e eficaz. Coordenado pelo pesquisador da Fiocruz Bahia, Edson Duarte, o estudo acompanhou, por 10 anos, 301 meninos e 971 meninas, que receberam a vacina nona valente HPV em mais de 40 Centros de Pesquisa de 13 países dos 4 continentes. De acordo com Edson Duarte, os resultados foram muito positivos e podem ajudar pais hesitantes em vacinar seus filhos a se sentirem mais seguros sobre a imunização contra o HPV. O estudo, de acordo com o pesquisador, ainda observou que os anticorpos atingiram picos mais altos nos participantes entre 9 e 12 anos, do que entre 13 e 15 anos, daí, a importância da vacinação ainda na pré-adolescência, como recomendado no Programa Nacional de Imunizações (PNI). Edson Duarte destaca ainda a importância de meninos se vacinarem, para reduzir a transmissão do vírus e também porque o HPV pode provocar outros…

consulte Mais informação

As mudanças climáticas no estado do Rio de Janeiro, em especial com invernos mais quentes, poderão aumentar, até 2070, a exposição ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.  Esse aumento ocorrerá nas regiões centro-oeste, noroeste e serrana. Além disso, a doença pode perder o caráter sazonal, deixando assim de ser típica do verão. Esta nova tendência pode gerar uma sobrecarga no sistema público de saúde durante o ano, além da anulação do período de elaboração de ações do poder público, como o planejamento de campanhas de prevenção. Essas conclusões são apontadas pelo estudo Mudança Climática e risco de arboviroses no estado do Rio…

consulte Mais informação

Em resposta à decisão dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema, e Santa Catarina, Jorginho Mello, de deixar de exigir o cartão de vacinação para a matrícula escolar, o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Renato Kfouri, afirmou que essa exigência é uma oportunidade de ouro pra checar status vacinal dos alunos e orientar os pais. O pediatra destacou que no Brasil nenhuma criança deixa de frequentar aula porque não está com o cartão de vacinação em dia. Renato Kfouri lamentou o uso político do assunto e afirmou que as decisões dos governos de Minas e Santa Catarina tentam atacar a credibilidade do Programa Nacional de Imunizações (PNI). O especialista ainda reforçou que a vacinação é ato de cidadania e comprometimento com a coletividade. Em texto publicado em seu site, a Fiocruz, destacou a importância…

consulte Mais informação

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, declarou nesta segunda-feira (5) que o governo está atento ao cenário da dengue no estado, que já registrou mais de 25 mil notificações da doença e está prestes a receber milhares de turistas para o carnaval.  Um pouco antes da declaração de Castro, a prefeitura da cidade do Rio declarou estado de emergência por causa da doença, após bater recorde histórico de pacientes internados. O governo quer, inclusive, aproveitar o público do carnaval para espalhar a mensagem da prevenção.  O público da Marques de Sapucaí, que deve chegar a 100 mil pessoas por dia,…

consulte Mais informação

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, declarou nesta segunda-feira (5) que o governo está atento ao cenário da dengue no estado, que já registrou mais de 25 mil notificações da doença e está prestes a receber milhares de turistas para o carnaval.  Um pouco antes da declaração de Castro, a prefeitura da cidade do Rio declarou estado de emergência por causa da doença, após bater recorde histórico de pacientes internados. O governo quer, inclusive, aproveitar o público do carnaval para espalhar a mensagem da prevenção.  O público da Marques de Sapucaí, que deve chegar a 100 mil pessoas por dia,…

consulte Mais informação

A capital fluminense já vive uma epidemia de Dengue e a prefeitura anunciou nesta sexta-feira (2) um plano de contingência para enfrentar o aumento de casos da doença. Somente em Janeiro o município registrou um recorde histórico de internações pela doença: 362. Foram mais de 10 mil casos. Quase a metade do que foi registrado em todo o ano de 2023, com cerca de 23 mil ocorrências. A taxa de incidência está em 160 por 100 mil habitantes.  A maior incidência da doença no estado está na população adulta, em especial nas faixas etárias de 30 a 39 anos e de 40 a 49. O aumento de casos no município vem ocorrendo mesmo com um índice de infestação do mosquito transmissor menor do que nos outros anos. Entre as…

consulte Mais informação

A vacina contra a dengue desenvolvida pelo Instituto Butantan tem uma eficácia de quase 80% na proteção contra a doença. Isso é o que mostra estudo publicado nesta quinta-feira (1º) em uma das principais revistas médicas do mundo: o The New England Journal of Medicine. O artigo científico traz dados preliminares dos ensaios clínicos da fase 3, em que o imunizante foi aplicada em mais de 16 mil voluntários com idades que variam de 2 a 59 anos. A Butantan-DV, como é chamada, utiliza 4 cepas do vírus da dengue atenuados. E está prevista uma única dose da vacina, uma vantagem logística e econômica com relação às 2 vacinas já autorizadas pela Anvisa. conforme explicou o diretor do Butantan, Esper Kallás. A vacina do…

consulte Mais informação

Nove estados do Norte e Nordeste apresentaram tendência de aumento nos casos de síndrome respiratória aguda grave por causa da Covid-19, de acordo com o monitoramento da plataforma Infogripe, da Fiocruz. Eles estão na direção oposta da tendência brasileira, que é de queda tanto no curto quanto no longo prazo. Somente este ano, já foram notificados mais de 4200 casos da síndrome em todo o país, com 276 óbitos. Entre os casos com resultados positivo para algum vírus respiratório, mais de 65% se devem ao coronavírus. O coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes, destaca que a Região Norte ainda não tinha registrado crescimento, ao contrário da Nordeste, onde essa alta já é verificada desde o final do ano passado. Fora dessas…

consulte Mais informação